Nota de esclarecimento do PSOL do Amapá

PSOL Amapá esclarece especulações e reafirma candidatura própria em 2012

Acerca das informações divulgadas nesta segunda-feira, 06, a respeito de possível aliança para as eleições 2012 entre os partidos PSOL, PSDB e PPS, a direção Estadual esclarece que esteve reunido durante um almoço, o vereador Clécio Luís, presidente do Diretório Municipal do PSOL, os deputados estaduais Michel JK e Jaci Amanajás, o ex-deputado Jorge Amanajás e o presidente do PPS Alan Sales, além do senador Randolfe Rodrigues. Essa foi mais uma das inúmeras reuniões que os parlamentares do PSOL estão fazendo para dialogar sobre as eleições 2012.
As conversas com os demais partidos fazem parte do esforço do PSOL, em propor para as demais forças políticas uma campanha ética, democrática, pautada pelos interesses reais da população e de alto nível no debate político.
O que há de fato é a pré-candidatura do vereador Clécio Luís à prefeitura de Macapá, deliberada pelo PSOL. Em seu Congresso Nacional, ocorrido em dezembro passado, o partido aprovou importante resolução sobre política de alianças, optando pela ampliação do âmbito da frente de esquerda, cabendo aos diretórios municipais as conversas com os partidos aliados e ao Diretório Nacional avaliar caso a caso essas alianças políticas e sociais.
Coligação com o PSDB não está contemplada nesse leque de alianças, porém o diálogo com todas as expressões da política é democrático e faz parte da conduta civilizada na política.
É importante para Macapá e para o PSOL ampliar o arco de alianças com partidos que possam se aproximar de seu programa, com todos os setores que tenham como base um programa de transformações que a população macapaense anseia. As especulações a respeito de alianças são naturais, uma vez que a disputa pela prefeitura de Macapá envolve vários atores.

Macapá, 07/02/2012.

Executiva Estadual do PSOL AP